domingo, 8 de novembro de 2015

40 Anos depois

É verdade… já se passaram 40 anos.
A propósito de uma conversa, com uma simpática jornalista da Gazeta das Caldas, sobre a Independência de Angola, veio-me à memória a minha participação no processo de descolonização daquele território Africano.
Integrei um Batalhão que foi enviado para a Lunda, mais precisamente Saurimo, em Maio de 1975, e regressámos a 31 de Outubro do mesmo ano, ou seja a 11 dias da Independência.
Estes seis meses foram vividos com uma grande intensidade, uma experiência inesquecível, para trás ficam as recordações e uma grande amizade com os “Furriéis” que me eram mais próximos.
Como alguém já disse:
Independentemente do nosso papel,
Do tamanho do nosso papel,
Ou do número de graus de liberdade
A que temos direito
Ou que fazem parte do nosso contrato.
Que o importante foi ser actor
E não mero figurante.

Para ilustrar este pequeno texto deixo aqui o último jornal que comprei em Angola

Sem comentários: