domingo, 2 de dezembro de 2018

O natal começou

Cá por mim já entrei no espirito natalício.


domingo, 25 de novembro de 2018

O Natal está a chegar

As iluminações aí estão para anunciar esta quadra fantástica. Muitos dirão que isto são ideias de uma sociedade que procura o consumo desenfreado, mas filosofias à parte é também nesta época do ano que as famílias estão mais próximas.
Quanto às iluminações…bem um dia eu conto as peripécias que alguns empresários do ramo nos pregaram, a nós ACCCRO, mas o que interessa mesmo é que a cidade está e ainda ficará mais bonita.
Que seja uma quadra feliz para todos.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Os meus amigos na Gala Empresarial da ACCCRO

Este Encontro, transformado em Gala Empresarial desde 2013, além da pompa do nome é um pretexto para estar com os amigos e assim aconteceu, no meu último ano na direcção da ACCCRO, convidei estes amigos para partilharem comigo este momento que assinala também os 116 anos desta Associação. que teve na sua origem Rafael Bordalo Pinheiro, uma figura incontornável na história da cidade.
Esta foi a mesa Saurimo, para a maioria dos meus amigos o nome não diz nada para nós teve um significado especial.

domingo, 11 de novembro de 2018

O Bordado das Caldas

Neste livro de Mário Tavares com a preciosa colaboração da D. Idalina Lameiras, descobri que o Bordado das Caldas teve a sua origem “ao tempo em que a Rainha D.Leonor, pessoalmente, dirigia serões de agulha a que acorriam senhoras da sua vila que principiava”  
Esses bordados eram depois vendidos nas arcadas do Hospital Real em dias festivos e de feiras.
Dizem os apreciadores que este bordado de linha cor de canela é “D’um sabor leve e agradável que parecem pratos de arroz doce enfeitados.


domingo, 4 de novembro de 2018

Como eu gostava de uma boa “Coboiada”

Deste de miúdo que tenho o espírito do colecionismo, por isso tenho grande dificuldade em desfazer-me de peças que para mim são interessantes e provavelmente para a maioria das pessoas é lixo, mas sou assim e não há nada a fazer.

Isto vem a propósito porque este fim de semana, enquanto organizava estas minhas “relíquias” passou-me pelas mãos alguns exemplares das nossas leituras de há cinquenta anos.
Estes são alguns exemplos, mas o Mundo de Aventuras e o Falcão com as aventuras do Major Alvega são inesquecíveis.
Agora os gostos da BD são mais sofisticados e de leituras digitais, mas estes romances de “Cordel” tiveram o mérito de me criar o hábito da leitura.  

domingo, 21 de outubro de 2018

Igreja Nossa Senhora da Conceição

Este Postal editado pela Havanesa das Caldas em 1952, mostra-nos a Igreja Nossa Senhora da Conceição.

Esta Igreja situada no actual largo 25 de Abril, teve em 20 de Agosto de 1950 o lançamento da primeira pedra e foi inaugurada em 21 de Outubro de 1951,( Faz hoje 67 Anos) com a presença do Cardeal Patriarca.
Aqui também se publica a brochura do programa da inauguração.






domingo, 30 de setembro de 2018

A Foz do Arelho na Lenda e na História

Para terminar o fim de semana, nada melhor do que uma leitura sobre a história da Foz do Arelho.
Livro curioso de Jaime Umbelino, um Torreense nascido na Foz, que neste livro tem “ um punhado de apontamentos, de caracter evocativo, sem pretensões literárias, e que tem como finalidade dar uma ajuda a qualquer Focence que,  um dia, se encha de brio e de coragem para o fazer”  



domingo, 23 de setembro de 2018

Futebol de Salão

Este autocolante de 1979, editado pela Frami, para publicitar o Torneio de Futebol de Salão, leva-nos até ao recinto da Parada onde os jogos se disputavam em piso de cimento e ao ar livre, agora os tempos são outros e o Futsal é disputado em pavilhões com boas condições, e nalguns casos com equipas pagas a peso de ouro.
Como curiosidade, note-se o facto de algumas empresas participantes já não fazerem parte do tecido empresarial da cidade.

domingo, 16 de setembro de 2018

Os Bombeiros das Caldas completaram 123 Anos

Por iniciativa de Ernesto Botelho Moniz, Eduardo Barbosa, Eduardo Gonçalves Neves, Artur Ferreira Neto e Henrique Sales Henriques, esta associação viu os seus estatutos aprovados em 14 de Setembro de 1895 pelo Visconde de S.Sebastião, ao tempo Governador Civil do Distrito de Leiria, isto depois de um período que foi muito marcante devido ao grande incêndio ocorrido no Porto no Teatro “Baquet”, em 20 de Março de 1888, onde morreram mais de 130 pessoas, e após o acidente marítimo do Roumania, a sociedade Caldense e as suas principais figuras, começaram a movimentar-se no sentido de se encontrar uma solução humanitária que pudesse socorrer as populações indefesas em caso de semelhantes catástrofes.

Não conheço particularmente como tem sido a vida desta associação, mas imagino que a exemplo de outras também não seja fácil, pese embora o facto de ser um tipo de colectividade onde a angariação de fundos encontra maior receptividade por parte das populações e do poder local.
Muito se tem falado na profissionalização ou não deste tipo de actividade. Pessoalmente julgo que este é um passo fundamental, embora o voluntariado tenha o seu espaço seja importantissimo no auxílio às populações.
Uma Associação que comemora 123 Anos merece o nosso respeito e agradecimento pelo seu esforço.
Por tudo isso aqui deixo os parabéns “aos meus vizinhos” com votos de longa vida.

domingo, 9 de setembro de 2018

Nova Vida

Na verdade o meu Sporting é enorme, resiste a tudo, até a um Presidente que foi importante numa fase difícil, e teve o Sporting aos seus pés, mas que a partir de Março deste ano foi traído por ele próprio, traído pelo seu ego. traído pela sua "loucura". Foi o seu pior inimigo.
Mas isto é passado e depois deste período muito difícil, cá estamos de novo, Com Varandas ou Benedito eu quero é que o Sporting ganhe para “chatear” a cabeça aos meus amigos Benfiquistas e Portistas.
Saudações Leoninas.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Morreu o Herminio de Oliveira

Embora fosse de uma geração mais velha do que a minha, era um amigo por quem tinha grande admiração, com uma memória prodigiosa, uma autêntica enciclopédia das Caldas.
Recorri a ele para me esclarecer sobre alguns assuntos e a paixão que ele punha nas suas descrições era admirável.
Teve uma vida cheia, Alfaiate, Político, Alfarrabistas, Radialista, Escritor… eu sei lá que mais.
Para a Família vai o meu abraço de solidariedade.  

domingo, 2 de setembro de 2018

Um Agosto animado

O Agosto chegou ao fim, e com ele uma animação que já habitual.
Ele foi a Praia, foi uma almoçarada com os “camaradas do MFA”, uma inédita e agradável reunião com os primos, a feira dos Frutus, a férias com os Netos, que este ano meteu uma visita aos dinossauros, uma sardinhada com os amigos e outros tantos momentos que fazem sempre muito bem à alma.
Para o ano há mais, haja saúde, que vontade não me falta.    

domingo, 12 de agosto de 2018

Encontro em Tancos

Não há um grupo de Amigos como este. No Sábado passado cumpriu-se mais um encontro da “Pandilha”, Tancos, à beira do Tejo, foi o cenário para mais uma almoçarada dos “Furrieis da CCS”, e não só, e a coisa promete continuar. Já ficou agendado para a Covilhã a próxima reunião de trabalho, lá mais por altura da Páscoa.

domingo, 5 de agosto de 2018

Os Primos

Ontem na comemoração dos setenta anos do meu irmão, tive a oportunidade de concretizar um velho sonho, juntar os descendentes da “Tia Alice costureira e do Ti Tóino Galhetas do Painho”, e o que foi mais saboroso, é que ao contrário do que costuma acontecer, o encontro não aconteceu num funeral.
Gostei de ver Guida que continua uma apaixonada pela fotografia, o Helder e o seu mano Carlos um “americano” que não consegue esquecer a Sobrena.
Que dia bem passado, um dia destes vamos voltar a encontrar-nos porque a vida é feita das pequenas coisas que fazem muito bem à alma.

domingo, 29 de julho de 2018

A minha veia fadista, ou um projecto da Isabel Castanheira

Esta fotografia que tirei à poucos dias no Rossio em lisboa, faz-me lembrar um projecto que a minha amiga Isabel Castanheira, persegue há anos e que eu apoio de alma e coração, que passa pela colocação de uma estátua de Rafael Bordalo Pinheiro num local onde o comum das pessoas se pudessem fotografar junto do mesmo.
Sinceramente não sei quais os custos que isto envolvia, mas que era um excelente cartão de visita da Cidade, lá isso era.



    

domingo, 15 de julho de 2018

Boa gente nos 50 anos do Pedro

Neste Domingo, mais uma almoçarada, não há colesterol que resista...pois é, o Pedro Pinto fez anos e fomos até à Lareira para comemorar o evento, boa comida, companhia de excelência, em suma um bocado bem passado, o reencontro fica marcado para a comemoração dos sessenta, e como costumo dizer se faltar alguém que não seja eu.     

domingo, 8 de julho de 2018

Grande Grupo de colecionadores

Eu não sei se o colecionismo é “coisa de velhos”, o que sei é que tenho algumas saudades das tertúlias que se faziam tendo como mote as colecções.
Lembro o grupo da Biblioteca, ainda nos Pavilhões do Parque, o grupo de colecionismo dos Pimpões e o Grupo dos Pelicanos que até ganhou forma jurídica, como se constata nesta foto acabadinhos de sair da Conservatória.

Se não me engano esta foto é de 1995.
Muitas exposições se fizeram, no Edifício dos CTT, na esquina da Rua das Montras, onde hoje funciona a Giovanni Galli, nos Pimpões, nas Feiras de Cerâmica, eu sei lá.
Quem sabe se um dia destes vamos voltar a mostrar o que nos dá prazer colecionar.  

domingo, 1 de julho de 2018

A Magia de Tavira

Num fim de semana, curto, por terras do Sul, a visita a Tavira é obrigatória, Não sei porquê, mas é um local com alguma magia, aliás todas as cidades que têm rio exercem sobre mim um poder de atração enorme.




domingo, 10 de junho de 2018

Tábua e Caldas da Rainha ou a história da Padaria Morgado

Já não constituem qualquer surpresa as iniciativas do meu amigo Mário Lino, e este livro a propósito da história da Padaria Morgado, foi mais longe e uniu os Municípios de Caldas da Rainha e Tábua, de onde era natural José da Costa Morgado.
O Nascimento de António Morgado, no ano de 1912, em Caldas da Rainha permite-nos situar os primórdios desta fábrica de pão e de recordações, que ainda hoje se mantem de pé, depois de ter estado durante cerca de meio século, associada à Upacal, encerrada por motivos de insolvência 
Este livro acaba por ser também uma homenagem aos padeiros  


domingo, 3 de junho de 2018

O Ritual da visita à Feira do Livro

Todos os anos por esta altura cumpro religiosamente um ritual. Vou passear à Feira do Livro.

Este ano não fugiu à regra e lá fui eu ver as novidades literárias e não só.
Bem sei que com as modernices, já se pode ler um livro no Tablet, ou comprar na internet, mas convenhamos, que não é a mesma coisa, ir á feira é um hábito que não abdico.   
Confesso que este ano não fui grande comprador, mas ainda assim dei a minha contribuição para manter viva esta manifestação de cultura.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

A Revista “tintin” faz hoje 50 anos

Hoje, Dia Mundial da Criança, faz precisamente 50 anos sobre o lançamento do nº 1 da revista do Tintin em Portugal! Uma edição que mudou e marcou a vida de muitos de nós, para sempre.
Esta publicação que encantou uma legião de fãs durante gerações e que foi a responsável pela descoberta da BD franco-belga em Portugal, contribuiu para eu desenvolver o gosto e o prazer da leitura! Esperava ansiosamente todas as semanas pela continuação das histórias.

domingo, 27 de maio de 2018

Revista Municipal


Como é habitual por alturas do 15 de maio a Autarquia publica a revista municipal, uma espécie de relatório de actividades e onde, legitimamente, publicita as suas obras, benfeitorias e outras acções que esperam que lhe rendam alguns votos.
Isto nada tem de extraordinário se não fosse o facto da revista deste ano estar muitíssima bem feita e com enorme bom gosto. Não conhecendo bem os departamentos que tratam destas coisas julgo que esta revista tem um toque de classe da minha amiga Célia Marques.

terça-feira, 22 de maio de 2018

O Painel do Júlio Pomar

Hoje de manhã quando fui à Praça da Fruta e estacionei em frente ao Café Central, veio-me à memória um episódio a propósito do painel que se encontra no seu interior.
Nos meus afazeres profissionais, aquando das minhas idas regulares a alguns armazenistas em Lisboa, um cliente que se encontrava no mesmo estabelecimento que eu apercebeu-se que eu era das Caldas e perguntou-me se eu conhecia o Café Central, depois disso contou-me vários episódios vividos naquele espaço, num período em que esteve na Tropa em Caldas, concluindo as suas historias dizendo, com muita ternura e emoção, que na mesa junto ao painel do Júlio Pomar escreveu muitas cartas de amor.
Mesmo não sendo um frequentador assíduo do café defendo que se deve fazer um esforço para preservar este e outros espaços semelhantes.


domingo, 20 de maio de 2018

Eu estive lá

A Inauguração da EXPO'98 foi em 22 de Maio, já lá vão 20 anos. A Exposição Internacional de Lisboa de 1998 teve como tema "Os oceanos: um património para o futuro" e atraiu cerca de 11 milhões de visitantes, mudando por completo aquela zona de Lisboa.

A construção do recinto revolucionou a zona oriental de Lisboa, até então uma zona industrial degradada. A construção da Ponte Vasco da Gama e da Gare do Oriente transformaram a zona em termos de acessibilidade e as infraestruturas construídas foram pensadas para um uso posterior, o que permitiu a conservação do recinto ao serviço da população e tornou o Parque das Nações num exemplo de conservação de espaço urbano.
Este acontecimento marcou uma viragem na mentalidade dos Portugueses, pois com todos os esquemas laterais que vieram a lume, também ficou uma imagem do que somos capazes de fazer.

domingo, 13 de maio de 2018

Está bonita a minha Cidade


Maio é o mês das flores e a ACCCRO – Associação Empresarial, sensibilizou o tecido empresarial para dar cor à cidade e assim desenvolveu a ideia do  FLOWER BIKE CITY.

“Esta iniciativa pretende embelezar a nossa cidade, através da colocação de bicicletas com cores primaveris decoradas com cestos de flores, nalguns espaços públicos e como elemento decorativo das montras dos estabelecimentos comercias da cidade.
A decoração esplendorosa e encantadora, será uma mais valia para abrilhantar a nossa cidade que no seu historial honras de tão bem saber receber.
O objetivo central do projeto é que durante todo o mês de Maio, Caldas da Rainha seja invadida por mais cor, alegria e glamour, tornando-se assim mais apelativa, confortável, dinâmica, jovem, para os moradores e para os milhares de potenciais visitantes que ocorrem todos os anos aos variados eventos das Festas da Cidade.”
Por tudo isto meus amigos visitar as Caldas da Rainha, a cidade encantada da cor, alegria e glamour . 

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Reunião do “MFA”


Já escrevi por várias vezes que os amigos não têm prazo de validade, e estas reuniões de “trabalho” são a prova disso mesmo.

Este grupo dos ”Furrieis” passou pelo Leste de Angola há 43 anos, foi uma experiência de vida única.

Num período histórico do nosso País, nós não fomos figurantes, fomos actores de verdade e esta é também uma forma de comemorar o 25 de Abril, mas fundamentalmente de comemorar a amizade.

domingo, 8 de abril de 2018

domingo, 25 de março de 2018

Um postal de Lisboa

Quem se interessa por Postais Ilustrados Antigos, não fica indiferente ao excelente trabalho de pesquisa feito por Marina Tavares Dias, nomeadamente sobre Lisboa.
Este postal que hoje publico, do Terreiro do Paço, arcada poente, tem para nós, Caldenses, uma particularidade. Reparem na publicidade na parede do lado esquerdo, “PEÇAM VINHO GAEIRAS”.



sábado, 17 de março de 2018

17 de Março – Electro Lider 31 Anos

O dia 17 de Março marca o Aniversário da Electro Lider… e já lá vão 31 anos.
Sem querer ser juiz em causa própria, julgo que temos feito um percurso muito interessante, procurando acompanhar as novas tecnologias direccionados para um consumidor que privilegia a qualidade e a novidade.
Dentro dos condicionalismos do mercado procuramos prestar um serviço personalizado, atempado e fiável.
Pode parecer um chavão ou uma frase feita, mas podem crer que para nós é muito importante ter um amigo em cada cliente, pois é esta relação de parceria que nos dá forças para podermos acreditar no futuro.
Por isso meus amigos não se esqueçam que tecnologia é na Electro líder, onde encontram tudo o que precisam até aquelas coisas que não sabem o nome, mas a gente está lá para ajudar.
Nenhum caminho é longo quando os amigos nos acompanham.

quinta-feira, 15 de março de 2018

O 16 de Março

Uma coluna militar proveniente do Regimento de Infantaria 5, das Caldas da Rainha, marchou sobre Lisboa naquela que seria uma insurreição abortada. O movimento que eclodiu em 16 de Março de 1974, ficou conhecido como a “Revolução das Caldas”, e viria a ser um ensaio para o vitorioso 25 de Abril - que restituiu a Liberdade ao Povo Português.
Nunca percebi porque é que a cidade das Caldas não comemora o 16 de Março, como uma data importante do fim do regime, pela parte que me toca aqui deixo a minha homenagem á “Rapaziada do RI5”

domingo, 11 de março de 2018

A Revista das Revistas

O meu Blog “Águas Mornas” já vai com 13 anos de publicações, digamos que foi uma forma que encontrei para mostrar algumas coisas sobre as Caldas e também para expressar a minha opinião sobre os mais variados temas.
Sem pretensiosismo e em jeito de provocação, é o Arquivo Municipal que a autarquia nunca teve.
Aqui fica mais um contributo, desta vez uma Revista que os Pimpões levou à cena. “A Revista das Revistas”
Nestas imagens fica o registo de todos os intervenientes.


terça-feira, 6 de março de 2018

Vamos lá falar da Tronchuda

Dizem os dicionários que TRONCHUDA é uma variedade de couve, baixa, de talos carnudos muito cultivada em Portugal, e apreciada em culinária, e foi este o nome que a ACCCRO escolheu para dar vida a um projecto que vem na sequência do Pastel Bordallo.
Na noite de ontem, no Restaurante Marta`s Place, quatro chefes de cozinha, do Maratona, Casa Antero, Raízes e obviamente da Mara`s Place, fizeram as delicias de cerca de 40 convidados com as suas espetaculares Tronchudas, a estes restaurantes outros se juntarão para dar corpo a um projecto que se pretende que seja uma marca gastronómica das Caldas da Rainha.  
Este é um projecto que está numa fase embrionária, mas algumas certezas ficam desta noite, esta ideia tem pernas para andar e a qualidade dos “mestres de culinária” é enorme.