domingo, 21 de janeiro de 2018

A Minha Estante – Entre Lisboa e Caldas na segunda metade do Século XIX

Este pequeno livro é um estudo do Dr. Mário Tavares sobre a construção da estrada Real de lisboa a Coimbra e do Caminho de Ferro do Oeste.


“D ora avante deixarão de estar separados da capital por longas ho­ras de diligências incómodas as frequentadas termas das Caídas da Rainha... Hoje a máquina conduzirá à estação termal o grande número de famílias que há muito almejavam por esta viagem cómo­da e rápida; e em breves dias, logo o estado dos trabalhos da linha permita o estabelecimento do serviço de mercadorias, os comboios chegarão carregados com os produtos daquela fertilíssima zona a concorrerem no nosso mercado, a tomarem aqui o caminho do es­trangeiro, onde tão estimados são os nossos vinhos e outros gé­neros, que por nosso mal, só muito vagarosamente e como que a medo lhe vamos enviando.”

Diário de Notícias, 1 de Agosto de 1887.



domingo, 14 de janeiro de 2018

Quem vai subir esta encosta?

Na Quarta-feira, 17 de Janeiro, cumpre-se mais um dia de Santo Antão.

Quem conhece a região sabe da importância deste dia para o Concelho de Óbidos. Festa religiosa de cariz popular de Santo Antão, localizada no cimo de um cabeço em frente à Vila de Óbidos.
Durante a romaria, manda a tradição que se coma o "chouriço assado" oferecido em acção de graças ao Santo.
Nos meus tempos de Escola era quase um sacrilégio não ir ao Santo Antão, chouriço assado, com fartura, vinho, muito, e alegria aos jorros.
Nos últimos anos fui lá algumas vezes quase de passagem, vamos lá ver se na próxima Quarta-feira tenho um bocadinho para beber um copo com o amigo Maximino.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Eu estive lá

Como eu dizia a Taça de Portugal tem destas coisas…então não é que o Caldas está a caminho do Jamor, De seguida temos a vila das Aves e depois na final no Jamor, vou ficar chateado mas vamos ganhar ao Sporting.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Pois claro… Na Quarta Feira é dia se CALDAS


A Taça de Portugal tem destas coisas…então não é que o Caldas está a caminho do Jamor, por isso meus amigos na próxima quarta feira lá estarei no Campo da Mata a dar o meu apoio para levar o Caldas até à final.

A minha única dúvida é quem é o outro finalista, o Benfica não é seguramente.  

sábado, 30 de dezembro de 2017

Bom ano de 2018


segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Uma questão de geometria











Quem anda pelas ruas das Caldas com alguma atenção, depara-se com algumas coisas curiosas. É o caso das tampas do saneamento que quando são levantadas por qualquer motivo, a sua colocação dá lugar a desenhos muito pouco geométricos.
Ó Sr. Presidente da Câmara, agora que estamos em época natalícia faça o favor de oferecer aos funcionários uns puzzles para a rapaziada ir treinando para ver se consegue acertar com os desenhos das tampas.

sábado, 16 de dezembro de 2017

BOM NATAL

Rodeado de boa companhia, desejo a todos um bom Natal e já agora umas entradas em 2018 em grande com muita saúde e uns trocos para os gastos.

domingo, 10 de dezembro de 2017

Caldas em 1947

Em 15 de Maio de 1947 o numero 38 do Jornal “O Progresso”, publicação Caldense cujo proprietário era o Dr. Leonel Sotto Mayor e tinha como director o Dr. Vieira Pereira, entre vários artigos, dava conta das actividades mais em destaque na Cidade que tinha então 8652 habitantes.

Bancos: Banco Lisboa e Açores, Banco de Portugal, Caixa Crédito Agrícola e Banco Raposo de Magalhães.
Cafés: Bar Invicta, Bocage, Central, Lusitano e Sport.
Pastelarias: Baía, Frami, Gato Preto, Cavacaria Caldense, Regina, Conde, Machado, Flôr do Liz, Primorosa e Primavera.
Cinemas: Pinheiro Chagas e Salão Ibéria.
Clubes e Associações: Propaganda e Defesa dos Interesses das Caldas, Montepio, Bombeiros, “Os Pimpões”, Clube de Recreio (Casino), Caldas S.C., Clube Campista caldense, Clube de Futebol “Os Caldenses”, Ginásio Desportivo das Caldas e Sporting Clube das Caldas.
Escolas: Escola industrial e Comercial Rafael Bordalo Pinheiro, Colégio Ramalho Ortigão e Escola do ensino primário.
Farmácias: Branco Lisboa, Caldense, Central e Freitas.
Garagens: Auto-Leiria, Auto-Reparadora das Caldas e Lisbonense.
Hotéis: Central, Copa, Lisbonense e Rosa.
Pensões: Estremadura, Parque, Portugal, Maria Daniel, Irmãos unidos, Cristina, Leiriense, Durães, Patrício, Aliança e Zambana.
Organizações Cooperativas: Grémio do Comércio, Grémio da Lavoura, Sindicato dos Empregados de Escritório e Caixeiros.

Na área da advocacia os nomes mais sonantes eram Asdrúbal Calixto, Augusto Coimbra, Carlos saudade e Silva e Calheiros Viegas.
Médicos: António Mouga Rodrigues, Bertolino Oliveira Coelho, João Vieira Pereira, Ernesto Moreira, Jovalino Vieira Lino, Costa e Silva, Manuel Ferrari, Mário Azevedo Castro, Correia Mendes e Hermínio Laborinho.

Entre outras actividades tinha também esta empresa de refrigerantes.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

ACCCRO - 115 Anos -2017

Fotos da Gala Empresarial da ACCCRO - 2017

domingo, 26 de novembro de 2017

É quase natal

















domingo, 12 de novembro de 2017

115 anos da Associação Comercial


Há 115 anos Rafael Bordalo Pinheiro presidiu a uma reunião no Hotel da Copa para aprovar os estatutos da Associação Comercial e Industrial.

De lá até aos nossos dias esta Associação tem tido altos e baixos, mas sempre com uma acção ininterrupta o que a torna na décima Associação Empresarial mais antiga do País.

É, pois, esta Associação, com mais de um seculo de história, que quer tomar parte no desenvolvimento da cidade, propondo, reclamando, mas também compartilhando tarefas e responsabilidades.

Bem sei que os “revolucionários do Facebook, e os paladinos da verdade”, encontrarão sempre alguma coisa para apontar… pois é meus amigos, mas isto é uma premissa de quem quer fazer “coisas”, pessoalmente, do alto dos meus 65 anos e com a tarimba adquirida em tantas Associações por onde passei, já estou imune a certas “bocas”, a vida ensina-nos que umas vezes temos êxito outras nem tanto, mas nunca deixarei de tentar.

Já estamos no leme desta Associação há 5 Anos, falta 1 para dar lugar a outros, mas deixem que vos diga que tenho um enorme orgulho de fazer parte deste grupo, que além da competentíssima Direcção tem quatro colaboradoras, que além de serem lindíssimas, têm esta rara qualidade de vestirem a camisola.    

sábado, 11 de novembro de 2017

Pastel BORDALLO

Os Pasteis BORDALLO estão a chegar longe.
De Londres recebi a seguinte mensagem:
Pasteis Bordalo para lanche! Obrigado Pai pela encomenda! Os netos dizem que podes mandar mais!


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

O Natal está a chegar


domingo, 5 de novembro de 2017

A Minha Estante – Caldas da Rainha – Rainha das Termas de Portugal


O titulo do Livro não vem muito a propósito, o que é uma pena, mas este almanaque editado pela Comissão Municipal de Turismo em 1955, é um exemplo de como a actividade comercial tinha um enorme fulgor precisamente devido às termas, a cidade respirava saúde.
Como se pode ler no verso








sábado, 21 de outubro de 2017

Molda 2017

24 montras da Cidade da Caldas da Rainha deram palco a uma exposição de trabalhos de antigos alunos da ESAD (Escola de Artes), que desenvolveram projectos que se relacionam com o domínio da cerâmica e considerados relevantes no plano estético e técnico.
A Electro Lider, tem muito prazer em participar nestas iniciativas, e por isso hoje a nossa montra valorizou-se com a criatividade do cerâmico Pedro Miguel Almeida.




domingo, 15 de outubro de 2017

O Rallye das Caldas

A Revista Ilustração nº 114, publicada em Setembro de 1930, entre várias notícias que publicava trazia uma muito interessante.
Corrida de automóveis nas festas das Caldas da Rainha (foto de Orrios), com imagem do automobilista que venceu o rally, João Galweiler.Nunca tinha ouvido falar de ralis aqui nas Caldas mas pelos vistos..

As outras noticias da página:
Morre o dramaturgo francês Georges de Porto-Riche.
Chega o primeiro comboio à estação de Pôrto de Mós, inaugurando o troço do Caminho de Ferro do Lena (Martingança-Pinheiros-Batalha-Pôrto de Mós). O comboio inaugural na estação de Pinheiros. Em baixo, o sr. ministro do Comércio, dr. João Antunes Guimarães, as entidades oficiais, os directores da companhia e demais convidados, antes do almoço em Pôrto de Mós.

domingo, 8 de outubro de 2017

O Miranda do “3 Pipos”


Este fim de semana, aproveitando uma viagem até S. Pedro do Sul para confraternizar com os meus amigos do Batalhão de Cavalaria 8322-74, programei uma visita ao Restaurante “3 Pipos” que se situa em Tonda, arredores de Tondela.
Este Restaurante é sobejamente conhecido, sendo uma referência em todos os roteiros gastronómicos da região, e, diga-se com toda, a justiça, “conta com um bar, uma loja gourmet e cinco salas de ambiente rústico-regional, todas com as paredes de granito e pormenores alusivos ao mundo do vinho. A sua ementa de cozinha caseira completa-se com pratos sugeridos.”
Mas o que me trás aqui é o facto de este magnifico espaço ser propriedade de um amigo que já não via há muitos anos, o António Miranda, que curiosamente pertenceu ao Batalhão que já referi, é claro que como os encontros se realizam sempre no primeiro Sábado de Outubro este amigo está sempre “preso” ao seu espaço e nunca pode dar-nos o prazer da sua companhia.
Claro que depois de um almoço fabuloso, seguiu-se uma animada cavaqueira e ficou a promessa de brevemente nos encontrarmos.
Já agora fica a recomendação, se forem para aquelas bandas o António Miranda e toda a sua equipa lá estarão para os receber com uma enorme simpatia e um serviço de excelência.

domingo, 1 de outubro de 2017

As Caldas aos olhos de uma Belga

Chama-se Pascale Haustrate, mas é mais conhecida por Calou Gato. Chegou às Caldas há cerca de um ano e fez desta região a sua paixão, aliás não é a única, pois na Zona Oeste, vivem cerca de 3500 estrangeiros, sobretudo no Bom Sucesso, S. Martinho e Salir do Porto, Nadadouro e Salir de Matos.

Pois esta nossa amiga Belga resolveu publicar um Guia sobre as Caldas, em Francês, com a intenção de auxiliar os estrangeiros a integrarem-se melhor na comunidade. 
Este roteiro tem 150 páginas e faz uma óptima divulgação sobre as qualidades da zona, bem como do património Caldense.