domingo, 24 de abril de 2011

O meu "25 de Abril"

…Falemos das situações de que fomos

Actores de verdade, actores de facto.

Independentemente do nosso papel,

do tamanho do nosso papel,

Ou do número de graus de liberdade

A que temos direito

Ou que fazem parte do nosso contrato.

Que o importante foi ser actor

E não mero figurante. ….

2 comentários:

Anónimo disse...

Cada "POVO" tem a Democracia que merece.
E mais não digo. ...

Anónimo disse...

Amigo Ventura, não tivessem sido aqueles quase 10.000 soldados que por lá morreram em terras de África e agora tão esquecidos, talvez o 25 de Abril nunca tivesse acontecido...J Chaves