domingo, 27 de junho de 2010

Os 135 anos do Zé

Ontem fui à festa de anos do Zé.

"Nasceu com o 5º número da revista A Lanterna Mágica, de 12 de Junho de 1875. Em 1879, com o lançamento do novo jornal O António Maria (Primeira Série), apesar de analfabeto, surge com uma presença constante que ridiculariza os factos nacionais.
Zé Povinho espalha indiscriminadamente todo o seu fôlego satírico, ilustrando o catálogo da vida nacional, política e social, e das suas incongruências."

Agora o Zé está mais crescido, pela mão do António e de outros cartoonistas já é um cidadão da Europa, e consta que o seu criador Rafael Bordalo Pinheiro tem uma relação com uma livreira das Caldas. A Gazeta das Caldas tem conhecimento desta ligação e também “tem culpas no cartório” pois publicou um suplemento com escritos de grande qualidade e uma paginação muito criativa, que teve dedo dos alunos da ESAD.
Gostei deste final de tarde bem passada, até porque o Rui da Mercearia Pena fez questão de nos oferecer a provar o seu novo lote de “Café Bordalo”.

1 comentário:

Isabel Castanheira disse...

E eu a pensar que era a única! Que é isso de se uma livreira das Caldas se andar a meter onde não deve? Já não há vergonha nem recato? Só espero não vir a encontar essa minha rival ao virar duma esquina...
Maria da Paciência