domingo, 24 de janeiro de 2010

Spartacus

Julgo que tinha mais ou menos 12 anos quando vi no Salão Ibéria o filme “Spartacus”, e se houve filmes que nunca mais esqueci, seguramente este foi um deles.
O filme era a história de um homem que fez da sua vida uma luta contra a escravidão, imposta pelo Império Romano.
Tornado Gladiador, revolta-se contra o poder de Roma, e lidera uma revolta de escravos

“O ápice do filme é a extraordinária cena da batalha onde os escravos são derrotados pelas legiões romanas. Na cena, mostra muito bem como as legiões romanas se movimentavam no campo de batalha. Spartacus sem sombra de dúvidas foi um dos melhores feitos na História do cinema no género épico.”

Lembrei-me disso porque li no DN que hoje morreu a actriz inglesa Jean Simmons, que com Kirk Douglas foram protagonistas deste filme, que como dizíamos na época era em “cinemascope” e de “32 partes”.

3 comentários:

Anónimo disse...

E aquelas noitadas, ao sábado, de dois filmes pelo preço de um!?

Ze disse...

Como "amante" de filmes épicos também este era um dos meus preferidos.
A sala era em Sousel ,Atlético club de Sousel vulgo "Azuis" do qual passei por lá como director e que assistiria a muitos mais á borla .
Abraço

Anónimo disse...

Lembro-me bem desse filme quando ainda era moço e logo que vi a morte da Jean Simmons veio-me à memória esse filme e um outro filme em que ela era a "star" (Blue lagoon) Por causa do nome "Spartacus"há um aluno do tempo que ficou alcunhado por "cagatacos" Bem-hajam