quarta-feira, 15 de abril de 2009

Caldas intemporal XXIV – Pavilhões do Parque e salão Ibéria

Agora que surgem notícias de projectos que contemplam a recuperação dos Pavilhões, vem a propósito a publicação destas fotos daquela zona do Parque, onde além dos pavilhões é visível também o Salão Ibéria, uma sala de cinema que segundo o jornal Circulo das Caldas de 8 de Agosto de 1917, “as sessões de cinema já vinham funcionando há algum tempo. Nos anos cinquenta a sua arquitectura inicial foi reformulada, permitindo a exibição de filmes em “cinemascope”.
Após longos anos de actividade o edifício ruiu na noite de 9 de Outubro de 1978.

3 comentários:

Submarino Amarelo disse...

Virá também seguramente a propósito saber se quem apresenta esses projectos tem legitimidade para o fazer. Ou se esses projectos se destinam apenas a testar a tutela dos edifícios e a sua firmeza na manutenção do valiosíssimo património do Hospital Termal. Devemos estar todos MUITO atentos.

Artur R. Gonçalves disse...

É pena que a imagem do Salão Ibéria, com o seu charme tão característico de época, não continue a reflectir-se nas águas calmas do lago a fazer companhia à imponência intemporal dos Pavilhões do Parque.

Antonio Oliveira disse...

Tenho muitas boas recordaçôes do Salâo Ibéria, de tantos filmes que vi nessa sala...e mais ainda porque estava a algumas dezenas de metros, junto da pequena bica de agua ali ao lado, quando da derrocada...numa segunda-feira à noite...unico dia onde nâo havia projeçâo. Pena que nâo tenha sido reconstruido.