segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Caldas intemporal XVII – Museu José Malhoa


1º Fotografia – Postal Ilustrado nº8 da Colecção Passaport Loty
2º Fotografia – Postal Ilustrado nº307 Colecção Lifer
3º Fotografia – Imagem da Colecção Dias dos Reis

Vem estas fotografias do Museu José Malhoa a propósito, porque ao fim de um largo período em que esteve fechado para obras, vai finalmente abrir na próxima sexta-feira dia 19.

1 comentário:

Artur R Gonçalves disse...

É sempre um prazer para os olhos revisitar os registos fotográficos do Museu José Malhoa, os mais antigos a preto e branco e os mais recentes a várias cores, de rever o seu enquadramento clássico no verde da vegetação do Parque. O todo representado é intemporal, porque a Arte é o mais intemporal que a criatividade humana realizou. Há pelo menos três mil anos que o modelo helénico tem vindo a ser recriado um pouco por todo o lado, à escala global. E continua vivo, actuante, a dar cartas. A desafiar o futuro. Nas vésperas da reabertura ao público, após obras de requalificação e ampliação, essa sua missão de dar vida à Cultura é ainda mais premente. Felicitações a todos os utentes e cumprimentos especiais para a senhora directora.