quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Caldas intemporal XVI – Hospital Santo Isidoro - ESAD



O Hospital Santo Isidoro foi instituído por legado do benemérito Isidoro Alves de Carvalho Aguiar. Este proprietário residente nas Caldas, fez testamento em 1833,deixando parte da sua herança para o Hospital das Caldas constituir uma enfermaria para doentes “gerais”, após um longo processo burocrático receberia os primeiros doentes em 1860.
….Peça interessantíssima de arquitectura do século XIX, este hospital foi concebido por Rodrigo Berquó, seguindo os mais modernos conceitos de então.
Foi desactivado em 1968, após a entrada em funcionamento do Hospital Distrital
(Caldas da Rainha em Bilhetes Postais )

Nos anos noventa nasceu no local a Escola Superior Artes e Design.
“No meio do pinhal Vítor de Figueiredo projectou esta escola de artes que se estende em dois volumes estreitos e longos por entre as árvores. O projecto assenta na repetição dos elementos que compõem a arquitectura reforçados pelo domínio do branco que tudo calibra mas que atribui também singularidade ao conjunto”.
Este edifício ganhou o Prémio Secil de Arquitectura em 1998. Nesta cidade onde os “mamarrachos” fizeram escola, este exemplo é um oásis.

1 comentário:

Artur R Gonçalves disse...

Bonita homenagem ao Hospital de Santo Isidoro. Ali vi a luz do dia pela primeira vez e o meu avô materno pela última. Como em todas as viagens, enquanto uns chegam outros partem. Quanto aos mamarrachos, o melhor é nem falar neles e virarmo-nos para as para as lições da grande Arte. Esta, tal como os diamantes, é eterna, «… are forever».