sábado, 13 de setembro de 2008

Caldas intemporal IX - Palácio Real



Nas Caldas não há muitos exemplos de recuperações interessantes, esta que foi levada a cabo no Palácio Real é uma das excepções.
Mandado edificar por D. João V, situado junto à Igreja de Nossa Senhora do Pópulo, numa das entradas da Mata da Rainha D. Leonor, é um pequeno palacete citadino do séc. XVIII, com uma fachada simples e harmoniosa. Neste edifício, na década de sessenta, funcionava no primeiro andar aulas da Formação Feminina e no rés-do-chão o “Ginásio” das meninas.
Actualmente alberga o Museu do Centro Hospitalar e no átrio fazem-se algumas exposições que vale a pena ver.

2 comentários:

Artur R Gonçalves disse...

Para que a recuperação harmónica da fachada neoclássica do Palácio Real esteja completa, só falta, mesmo, que a República devolva a coroa ao brasão de armas do frontão, que lhe foi retirada após a queda da Monarquia. Exerceria, assim, um duplo acto de justiça com a História e com a Arte.

João Norte disse...

Pena que se tenha partido o grazão.
Mas, em termos de recuperação há tanto para fazer nas Caldas....